Categorias
cotidiano

Como lidar com a ansiedade em dias de quarentena?

Foto de Samuel Austin no Unsplash

Como você tem passado esses dias de quarentena? Como os acontecimentos tem afetado você? Como anda a sua ansiedade?

Do lado de cá, posso dizer que a semana passada não foi tranquila. Acho que a quantidade de informações na mídia, as pressões para ficar em casa e a culpa quando se precisa sair, fizeram com que eu me sentisse com medo do futuro.

O medo do futuro é apenas uma forma de colocar um outro tipo de sentimento, mais conhecido pelo nome de ansiedade.

Ansiedade é quando nossa mente está mais preocupada com o que vai acontecer; é como se algo ruim estivesse predestinado a ocorrer e isso provoca emoções diversas no corpo, podendo até nos paralisar.

As minhas soluções para lidar com a ansiedade

Nesses últimos dias, duas coisas tem me ajudado a superar essa ansiedade em que vivemos.

Não estamos sós

A primeira delas foi reconhecer que não estou sozinho. A ansiedade não é algo que me torna especial. Sou apenas mais um no meio de milhões de pessoas ansiosas.

Em meio a essa pandemia que estamos enfrentando, as coisas se tornam mais complicadas e ficamos mas ansiosos. Em meio a essa ansiedade coletiva há algo de bom. Não estamos sós.

Saber que não estamos sozinho nos conforta. Perceber que o outro tem a mesma dor que a gente, nos aquece a alma e fortalece os ânimos.

Afinal de contas, nada melhor do que uma alma para aquecer o coração da gente e espantar esse sentimento frio de sentir-se só.

Trazer a mente para o presente

A outra coisa que tem me ajudado na prática é meditar.

Meditar é algo que me traz a mente para o aqui e o agora. Livra-me da culpa do passado e liberta-me do medo do futuro, deixando-me livre para viver o presente.

A meditação livra-me da culpa do passado e liberta-me do medo do futuro, deixando-me livre para viver o presente.

Acho que a meditação é o meu caminho para liberdade e é com o sentimento cheio de gratidão por ter praticado que hoje digo que estou sem preocupações.

É isso mesmo… hoje eu não tenho preocupações, apesar do que acontece no mundo, apesar do medo que assola nossas casas e apesar do que futuro me reserva.

Hoje encontro-me tranquilo.

Sinto o amor das pessoas que amo, sinto o meu ser cada vez mais conectado com o universo e no momento não há nenhum problema que eu possa resolver.

Há problemas, mas não posso resolvê-los agora. E se não há nenhum problema que eu possa resolver agora, então não há problema.

É simples de mais, né?

É sim, mas é o jeito que estou refletindo, aprendendo e vivendo esses dias.

E quanto a você? Como estão os seus dias? O que tem feito?