Categorias
crônicas

Tristeza

A tristeza anda por perto. Ela deve estar pela vizinhança. Daqui a pouco ela chega por aqui.

Eu a senti ontem e a senti hoje novamente.

Eu tenho medo da tristeza. Ela exerce uma força sobre mim, me segura na cama e cria barreiras para eu não ver o mundo.

Às vezes, eu a aceito e a chamo para conversar. Olho para ela, a encaro e a abraço. Sei que há momentos, quando ela me consola e preciso dela, desse sentimento, bem junto do peito, bem junto de mim.

Mas é que a tristeza nem sempre vem sozinha. Ela gosta de vir acompanhada da solidão e do sofrimento. Há épocas em que eles são inseparáveis. Eu não gosto muito deles. Faço sala e me disfarço cansaço para que eles, a Solidão e o Sofrimento, possam ir embora.

Eu posso ficar com a tristeza, com ela eu não me importo. Posso sair com ela, ver o sol ou saborear algo delicioso. É difícil fazer essas coisas quando o Sofrimento.

O Sofrimento parece parece gostar de me empurrar para baixo, tirar minhas energias. Gosta de me ver no canto escuro.

É nesse momento, quando estou sozinhos que a Solidão se aproxima. Ela fica rondando até me pegar desprevenido, dizer que não há ninguém ao meu lado. Que toda essa dor é para eu aguentar sozinho, as únicas presenças serão de dor, sofrimento e solidão.

Quando as forças se vão, a vida não parece fazer sentido; quando o sofrimento toma conta, beirando o desespero e sinto-me desamparado, sozinho, a Tristeza invade a porta.

Olha para a Solidão e para o Sofrimento e manda que eles se afastem.

A Tristeza me abraça, me acolhe em seu peito e me conforta. Fecho os olhos e choro. As lágrimas escorrem pelo rosto, enquanto que no peito vai aliviando aquela dor.

Sei que ainda estou triste, chorando, mas ao abrir os olhos, espio a solidão e o sofrimento .

Então pergunto-me se foi a Tristeza que os convidou para a festa ou se ela veio porque eles vieram. Enquanto, não me encontro a resposta, abraço novamente a ela, como um filho na mãe.

O medo se esvai, aceito isso que sinto e como o rio que segue o seu curso para o mar, eu sigo a minha jornada pela vida.

Recebe Atualizações Semanais

Assine agora e receba um e-mail com o boletim semanal com dicas e atualizações do site.

I will never give away, trade or sell your email address. You can unsubscribe at any time.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.