cotidiano

Primavera

É primavera

Olhei o calendário é percebi que já era setembro. Meio que automático me

Vento

De ouvir o vento

(i) Estou na rua, sentado, enquanto escrevo essas linhas. Sinto a minha pele